As Tontas Vão ao Céu

sábado, 5 de abril de 2014

Tirando Dúvidas Sobre o Progresso Pessoal

Meninas,
Esse post acho que é mais demorado que já fiz.rsrsrsrs Ele estava agendada desde o ano passado, porém não conseguia fazê-lo devido aos contratempos. Mas como dizem, antes tarde do que nunca.rsrsrsrs
Bom, servir na Organização das Moças tem sido um grande desafio nos últimos anos. Não só porque as moças a serem lideradas estão mais rebeldes, mas para muitas irmãs porque é a primeira vez que servem na organização ou ainda não entenderam muito bem as mudanças acontecidas desde 2010 com a chegada do novo livreto do Progresso Pessoal, eliminação das declarações de classes...
Esse post irá ajudar as irmãs com as dúvidas frequentes, a corrigirem pequenos erros que estejam acontecendo em suas unidades e a saberem onde procurarem as informações diante as dúvidas.
Antes de qualquer outra coisa, quero esclarecer uma dúvida imensa em relação ao tal treinamento da Sister Costa que aconteceu em alguns estados do Brasil. Irmãs, ela não passou nenhuma mudança que aconteceu ou algo novo. Ela simplesmente deu um treinamento todo baseado no Manual 2 de Administração da Igreja e no livreto do Progresso Pessoal. Quem acho que tinha alguma novidade... me desculpe.. mas é porque não lê o que cabe fazer em relação ao seu chamado...
Então antes de lerem o meu post, quero que leiam o Manual 2 - Administração da Igreja da página 77 até a 89, para que possam entender como liderar a Organização das Moças, e se ainda assim. não entenderem e tiverem dúvida de alguma coisa. Podem me mandar a pergunta, que exclareço!!!
Outra coisa que quero que leiam, é o livreto do Progresso Pessoal, páginas 1 até 10, para entenderem o que é o programa e outras diretrizes que não considero ser tão importantes ao ponto de colocar aqui no post. Leiam também as páginas 83 até 94. para entenderem como liderar em relação ao Progresso Pessoal.
Tenho acompanhado pela net alguns blog e muitas vezes fotos dos Novos Inícios e Excelência das Moças que as irmãs preparam, vejo que alguma vezes acontece uma pequena confusão quando se trata do programa. Então hoje vou fazer esse post totalmente voltado para o programa Progresso Pessoal. Minha intenção era fazer um livrinho que vocês pudessem ter com guia de bolso, mas por conta da falta de tempo, não poderei fazer isso.
Se alguma seguidora aqui no blog quiser fazer esse livrinho, fique a vontade. Só vou pedir que não tire as referência das informações e coloque no livreto que as informações foram tiradas daqui do blog. Ah, quem fizer, por favor, me mande o arquivo para compartilhar aqui com as outras muitas irmãs que tem dúvidas em relação ao programa.
Então vamos começar?

O que é o Progresso Pessoal?
É um livreto de metas que a moça cumpri a partir do momento que entra para a Organização das Moças. O objetivo dele é ajudar as moças a fortalecerem seu testemunho e fé em Jesus Cristo e aprender a viver os ensinamentos de Deus em suas vidas diariamente.
Ele também prepara as moças para o futuro, fortalecendo suas famílias, preparando-as para os convênios do templo, serem membros fiéis e participativas da Igreja.
("Propósito do Progresso Pessoal", Progresso Pessoal, p. 6 / Manual 2 - Administração da Igreja, 10.7 Progresso Pessoal, p. 84)

Quem cumpre ou pode cumprir com o Progresso Pessoal?
O programa deve ser cumprido apenas por moças, líderes, mães de moças e irmãs CONVIDADAS PARA AJUDAR MOÇAS QUE NÃO TEM A MÃE NA IGREJA E AINDA ASSIM NÃO ACEITEM CUMPRIR COM A FILHA O PROGRAMA.
 Tenho ouvido histórias e vivido experiências que cada vez mais me deixam com os cabelos em pé... Apesar de parecer obvio, o programa não deve ser feito por rapazes... Outra coisa que é um tanto obvia, é que o programa não deve ser incentivado por líderes da Sociedade de Socorro e nem aberto nas alas para todas as mulheres.
Todas as líderes das moças podem cumprir com o programa desde que sigam os requisitos necessários (Progresso Pessoal, p. 91). Todas as mães, independente de serem membros da igreja ou não, devem ser apresentadas pela liderança das moças da ala ao programa. Para que saibam o que suas filhas fazem na igreja e que possam assinar as metas delas.
Todas as mães devem ser incentivadas a cumprir com o programa para que possam receber juntamente com suas filhas o reconhecimento, basta que ela também siga os requisitos necessários (Progresso Pessoal, p. 92).
Lembrem-se que ao cumprir o programa, muitas mães podem se converter ao evangelho!!!! Então não julguem que apesar de não serem membros da igreja, não irão aceitar cumprir com suas filhas...
Apesar do Progresso Pessoal ser visado por todas as mulheres, as mulheres que não possuem chamados nas moças, só poderão cumprir o programa, a partir do momento que expresarem o desejo para a Presidente das Moças da ala e quando a mãe da moça não aceita ou não tem o desejo de cumprir com o programa. Daí a presidente das moças conversa com o bispado sobre a possibilidade daquela irmã ajudar determinada moça com o Progresso Pessoal.
Vou estender um pouquinho mais essa questão das mulheres ajudarem as moças... Líderes, tomem muito cuidado com isso, conversem sempre com o Bispado sobre essa oportunidade, pois o que pode acontecer é uma irmã não ajudar a moça, querer apenas o medalhão. Ou a irmã estar passando por alguma ação diciplicar.
Outra coisa que já vi e ouvi com muita frequência é as irmãs estarem responsável por uma moça, e no meio do caminho a moça começa a "fubecar" na igreja. A primeira e principal preocupação da irmã é se ela não vai poder receber o medalhão por causa disso... Por isso, deixem bem claro para a irmã que a função dela é ser uma "mãe adotiva" dessa moça. Ela deve se prontificar que a moça está participando do seminário, ajuda-la a ter um testemunho sobre a igreja e os princípios do evangelho.. viver de acordo com o Para o Vigor da Juventude... O medalhão não deve ser o foco principal dessa irmã, ele é um reconhecimento por um esforço verdadeiro.
Normalmente quando isso é passado para as irmãs, 99% delas desistem de fazer o programa porque querem apenas o medalhão ou acham muito trabalhoso. O foco principal do programa continua sendo as moças!!!!
Outra coisa de suma importância, não sei o que acontece com algumas irmãs... chegam na missão ficam desesperadas querendo cumprir com o Progresso Pessoal. Líderes das alas... vocês não podem assinar metas de Progresso Pessoal de Sisteres, vocês não são líderes delas, elas não são irmãs da ala.
Até agora não ouvi dizer de nenhum presidente de missão que tenha permitido as missionárias cumprirem com o programa, porém já vi muitas dizerem estar cumprindo com o programa. Quando eu estava na estaca, aconteceu de receber o e-mail de uma irmã dizendo que cumpriu o Progresso Pessoal na missão e que havia falado para o bispo da última área que queria receber o certificado na ala, porém o medalhão após o término de sua missão em sua ala de origem. Então já viram a confusão que foi...

Como e quando as moças recebem o Progresso Pessoal?
Quando uma moça entra para a Organização das Moças por sair da Primária ou ser conversa, a presidente ou conselheiras (conforme for a divisão de classes da ala), vai até a casa da moça, apresenta o programa do Progresso Pessoal aos pais e a moça. Nesse dia a líder deve entregar para a moça o Livreto do Progresso Pessoal, Diário, Para o Vigor da Juventude, Sempre Fiéis, pingente da Tocha. O marcador onde é colocados as fitinhas é opcional, as líderes podem dar ou a moça pode comprar.
(Manual 2 - Administração da Igreja, 10.7.3 Responsabilidades dos Líderes Referentes ao Progresso Pessoal, p. 85)

Quem ajuda as moças com as metas e assina?
As líderes das moças e os pais trabalham em conjunto. Independe dos pais serem membros da igreja, eles devem ser convidados à ajudar suas filhas. As mães podem fazer o programa juntamente com suas filhas. Se no caso, a moça for ajudada por outra irmã da ala, é essa irmã que ajuda a moça a escolher suas metas. Essas metas são assinadas pelos pais, irmãs, pessoas que presenciaram a moça cumprindo a meta ou as líderes. Quem assina é a pessoa para a qual a moça relatou o cumprimento da meta, sua experiência e sentimentos.
("Propósito do Progresso Pessoal", Progresso Pessoal, p. 6 / Manual 2 - Administração da Igreja, 10.7 Progresso Pessoal, p. 84)

Quem ajuda as mães e irmãs com as metas e assina?
As experiências e projetos podem ser assinadas pela filha, moça, marido, outra pessoa ou líder das moças. A pessoa que assina é aquela para qual a mãe ou irmã relata sua experiência.
("Participação das Mães", Progresso Pessoal, p. 92)

Como é feito o acompanhamento das metas do Progresso Pessoal?
Primeiramente, as metas das moças não precisar ser "fiscalizadas" e assinadas pelas líderes a todo momento. Isso é uma tarefa das mães ou irmãs que "adotaram" as moças. Não tomem para vocês uma tarefa que ocupa tempo e é desnecessária. Deixem bem claro para as mães e irmãs que elas devem ler a meta e conversar com a moça a respeito do que aprenderam e fizeram, antes de assinarem. Peçam para estarem sempre perguntando se as moças estão registrando em seus diário o cumprimento dessas metas.
As líderes de estaca fazem o acompanhemento das metas das líderes de ala. As líderes de ala fazem o acompanhamento das mães, irmãs que foram convidadas á ajudar as moças e das próprias moças. Esse acompanhamento, não é a todo momento estar olhando o livreto delas. Para ajudar, cada membro da presidência fica responsável por uma classe. E marca entrevistas com essas moças, mães e líderes de tempos em tempos. Se o tempo permitir, podem fazer essas entrevistas cada vez que uma meta for concluida. Porém, se for uma ala muito grande ou as irmãs não disporem de tanto tempo, o ideal é que aconteçam quando terminarem todas as metas obrigatórias e adcionais. Para que a líder verifique se as metas foram cumpridas corretamente, se o propósito da meta foi alcançado, se estão mantendo um diário e se estão preparadas para fazer o projeto. Nessa entrevista, deve-se conversar sobre qual o melhor projeto. Aquele que realmente será um desafio, porém dentro dos limites do que se pode fazer.
Outro momento muito importante para um entrevista, é quando termina-se o projeto e está pronta para receber a fitinha. A líder deve por meio da entrevista, verificar se o projeto seguiu as diretrizes de horas, valor e afins. Se ela considerar que sim. Conversa com o bispado sobre o assunto. Pois pode acontecer do bispo saber que algo que a líder não sabe e não deve saber. Daí ele trabalha um pouco mais com a moça, líder ou irmã aquele valor.
Se o bispo disser que está tudo certo, a irmã assina a folha de acompanhamento e entrega para a moça o adesivo que deve ser colado no final do livreto com a fitinha correspondente ao valor. O adesivo a ser colado é esse:


Irmãs, esses dias estava no Facebook e ainda bem que não me recordo onde vi.. mas vi que em uma ala, as irmãs deram esse adesivo de presente para as moças como lembrancinha de uma atividade. Fiquem atentas a esses adesivos por dois motivos. A maioria das líderes preferem colar o adesivo no Progresso Pessoal pra ter certeza que ele não será perdido ou que a moça não aparecerá com ele colado em algum outro valor dizendo que terminou mas não recebeu a fitinha... Bom, temos moças de todos os tipos, vocês conhecem a suas e saberão o que será melhor...
Mas por favor, guardem muito bem esses adesivos, eles não devem ser distribuidos ou colados em qualquer lugar... Quando fui líder de estaca, fui visitar uma ala, onde a moça tinha vários desses adesivos colados no diário, escrituras e livreto do Progresso Pessoal dela. Porque a mãe tinha achado que seria um incentivo a mais para a filha cumprir com o programa...
Aproveitando essa deixa... quando forem desobrigadas, entreguem todo o material para a nova presidência!!!
Ah, o adesivo dourado da foto acima é colado na página 78 do livreto:


Caso queiram presentear as moças com adesivos, vocês podem dar esses:


Esses adesivos podem ser comprados por qualquer pessoa no site de vendas da igreja e nas lojinhas dos templos. Ele é para as moças usarem onde quiserem. Ao contrário do outro que é de uso restrito das líderes.
Quanto a ficha de registro, ela deve sempre estar atualizada e ser guardada pela secretária. Assim quando a presidência é desobrigada, a nova liderança pode ficar informada de como está o desenvolvimento de cada moça. A folha é essa aqui:

A foto acima não está boa. Mas serve apenas para indicar qual folha de acompanhamento vocês devem usar. Ela é um material fornecido pela igreja. Caso tenham em seus ármarios, verifiquem se tem o valor virtude, pois a folha anterior era muito parecido com essa.
No alto da folha, a secretária deve anotar o nome da moça, líder ou irmã. Logo embaixo tem a data de nascimento para que as líderes possam ficar atentas quando a idade da moça e o momento que ela sairá da organização. Ao lado em "interesses", pode-se colocar os hobbys da moças.
Cada vez que a moça conclui com uma meta ou projeto, a líder acima o quadrado correspondente a meta dessa folha, já que no livreto, a moça mesma pode assinar, riscar ou colar um adesivo. Essa é a folha do livreto, onde a própria moça registra suas metas e projetos concluidos:


Quando o assunto for o projeto, a líder deve fazer um breve relato de qual projeto a moça escolheu. E quando ela terminar todo aquele valor e for receber a fitinha. A líder assina a parte de conclusão.
Nos quadros onde estão escrito as classes das moças. Vocês anotarão quando a moça tiver um chamado naquela classe ou fizer parte de algum comitê da juventude com o bispo. Também tem o quadro onde deve ser anotada cada data de entrevista que a moça tiver com o bispo. Recomenda-se uma por ano. Porém, se for uma moça que está com dificuldades ou terminando valores, essa quantidade de entrevistas podem aumentar.
E por último, tem um quadrinho onde se coloca a data que a moça recebeu o certificado de avançamento de classe.
Outra forma de fazer esse acompanhamento que merece uma mutual especial, é o Progresso Pessoal online, onde a moça pode registrar suas metas, fazer o seu diário, anotar os seus projetos e a líder ter acesso a tudo isso pela telinha do computador!!!
As moças já perdem horas na frente do Facebook, porque não usar algumas dessas horas planejando seu Progresso Pessoal? Então aproveitem esse recurso que a igreja está disponibilizando!!!
No próprio site da igreja (nesse link aqui) tem diversas respostas a questões como fazer o Progresso Pessoal online, quem pode fazer, como a líder pode acompanhar e tudo mais!!! A Pri do blog Fazendo Meu Progresso Pessoal, fez um post especial para explicar como fazer o acesso e tudo com imagens. Ah, no post ela fala que não tem o site em português, porém agora ele já está disponível. Pra quem quiser aprender como fazer o acesso é só clicar aqui.

Como as líderes podem saber que a moça realmente cumpriu com as metas e projetos do Progresso Pessoal?
Essa é uma pergunta que eu na verdade deveria fazer para vocês.rsrsrs O que vocês tem feito em suas alas? Bom, a resposta para essa pergunta, serão sugestões, já que não existe uma regra de como fazer e o que fazer. Primeira coisa, antes da entrevista com as moças, orem sozinhas para que o Pai Celestial possa ajuda-las a saber por meio do Espírito se a moça está sendo sincera. Outra coisa importante em suas entrevistas com as moças, irmãs e líderes.. peçam que levem seu Progresso Pessoal, diário do Progresso Pessoal e se for o caso, mostre fotos delas cumprindo a meta ou projeto. Por exemplo, se a meta é ela fazer comida para a família, ela pode tirar fotos das refeições que fizer, fotos dela comendo com a família e até preparando os alimentos. Hoje nos vivemos em um mundo cheio de tecnologias e as moças adoram tudo isso!! Então incentivem elas a usarem essa tecnologia no Progresso Pessoal!!!
No caso, se for uma meta que elas tenham que ler determinados capítulo e escrever seus sentimento no diário. Conversem com elas sobre quais foram esses sentimentos e se o Espírito disser para lerem o diário delas, FAÇAM!
Lembrem-se que esse diário deve ser exclusivo para o Progresso Pessoal, assim vocês só leram coisas relativas as metas e projetos. O diário pessoal delas, deve ser um outro, no qual elas tem total privacidade para escreverem o que desejarem sem que seja lido pelas líderes.
Quanto aos projetos, são muito mais fáceis de saber que a moça fez, pois normalmente são coisa manuais que a moça pode levar no dia da entrevista. Se por exemplo, ela escolhe decorar O Cristo Vivo, basta a líder pedir para ela citar.
É fundamental, sempre perguntarem para elas, sobre como foi a experiência, o que aprenderam, como aquela meta ajudou elas a sentirem aquele valor em suas vidas, seus sentimentos...
Outra forma legal de acompanhar essas metas e projetos, é no grupo do Facebook, muitas alas já tem um grupo no Face, seja das moças ou da ala em si. Incentivem elas a colocarem lá no grupo as fotos dos projetos e seus sentimentos. Isso também ajuda muito as líderes, pois antes da entrevista com a moça, terá visto o que ela postou e poderá ponderar melhor sobre o que conversar com a moça.

Como ajudar as moças, líderes e irmãs á escolherem os projetos e ter um controle de horas?
Essa pergunta eu achei um máximo!!! Primeiro, só pra esclarecer... Os projetos só podem ser feitos, após o término das metas obrigatórias. Segundo, todos os projetos devem exigir um esforço diferente do que a rotina e levar pelo menos 10 horas para ser concluido. (Introdução do Projeto, pp. 18, 26, 34, 42, 50, 58, 66)
Quando digo um esforço diferente é porque já vi muitas líderes só assinando a meta ou projeto (principalmente das próprias líderes e irmãs) dizendo que ela já faz aquilo no dia-a-dia delas. Irmãs, vou usar os projetos de Boas Obras como exemplo...
Se a irmã já é uma dona de casa, o projeto 2 onde pedi para ela selecionar receitas e preparar refeições, não é um projeto que exigirá esse sacrífio que o livreto pedi. Ela deve escolher um projeto que não faça parte da rotina dela. Por exemplo, pesquisa de História da Familia!!
Se a moça, já tem uma familia que faz a História da Família e ela participa disso, não será novidade nenhuma para ela esse projeto. Se ela já cuida dos irmãos mais novos enquanto os pais trabalham ou estudam, também não será um projeto... Ela pode por exemplo, ajudar uma vez por semana alguma irmã idosa da ala à ir ao mercado, limpar sua casa...
Caso os projetos, já façam parte do dia-a-dia da moça ou irmã. Elas podem criar um projeto com base naquele valor. Ainda pensando em Boas Obras. As moças podem por exemplo, se oferecer para cuidar dos filhos dos irmãos o dia que eles forem ao templo. No dia que ficarem com as crianças, podem escolher filmes para assistirem com eles, jogos, fazer pipocas... Tudo isso completa o projeto delas!!!
Em minha ala tem uma irmã que não sabe ler, imaginem que grande projeto de Boas Obras, uma moça ir ler A Liahona para essa irmã? Ler as aulas da Sociedade de Socorro?
Quanto a questão de ter um controle de horas eficaz. Vocês podem fazer folhas onde a moça, marque a hora que começou a fazer o projeto e término e descrimine o que fez dentro desse horário.
Vamos supor que estou lá no meu projeto para cuidar dos filhos dos irmãos. Daí decidi que vou escolher os filmes que vou assistir com as crianças e ainda tenho que ir comprar as pipocas, frutas para fazer suco e alguns doces. Então eu anoto a hora que comecei a procurar os filmes, por acaso lembrei que na minha casa tenho vários filmes, vou lá procurar!! Separei 2 deles depois de vasculhar todos. Anoto a hora que terminei! No dia seguinte dicidi que vou ir comprar as coisas na parte da manhã, então marco o horário que estou saindo de casa, voltei, já vou fazer os sucos, colocar os doces nas travessas e escolher a panela para estourar as pipocas. Marco a hora que terminei tudo. Assim que chegar a primeira criança, eu já anoto a hora de início e finalizo quando a última criança tiver ido embora, eu tiver arrumado toda a bagunça que ficou.
A todo momento elas irão anotar horários. Mas é uma forma super eficiente de acompanhar e saber que fizeram o minímo de horas exigidos.
Não sei se as lideres tem tido a seguinte experiência, de perguntar quantas horas as moças fizeram no projeto e elas responderem "eu acho que fiz umas tantas horas". Esse "achismo" que é bem complicado, pois as vezes elas "acham" que fizeram 3 horas de projeto, mas na verdade só fizeram 30 minutos, as outras horas foram conversando sobre outras coisas ou apenas um chute.
Estou compartilhando com vocês essa ideia das folhas para registrar horários porque fiz isso comigo mesma e foi bem bacana porque não fiquei bitolada com a história de fazer às 10hs. Quando parei para calcular as horas, vi que tinha passado do mínimo.
Vocês podem fazer uma mutual para ajudar as moças a calcularem essas horas e até fazer uma tabelinha na sala. É automatico delas a questão da competição. Chegará um momento que elas não irão fazer os projetos achando que as 10 horas não terminam nunca. Elas farão os projetos pensando que querem fazer muitas horas a mais do que a outra que tem o tal recorde de horas. Entre essa competição delas mesmas, elas passarão a amar fazer os projetos sem se preocupar com horas minímas.
Caso achem muito trabalhoso fazer essa fichinha. Uma ideia legal é uma folha de ponto, aquelas mesmas que ainda são usadas em algumas empresas:


Eu dei uma rápida pesquisada na net. Essas fichas custam em média R$ 6,80 um pacote com 100 unidades. Podem ser compradas em papelarias como a Kalunga. Tem uma pequena variação de modelos. Essa de cima eu achei bem legal porque a moça pode colocar o nome dela. No lugar do mês, ela coloca o valor e ao lado o número do projeto. Daí do lado esquerdo, ela coloca a data e a moça vai marcando o horário que começou e que terminou. Ao concluir o projeto, ela coloca lá no alto onde está o horário, as horas totais gastas no projeto. E depois ainda guarda a fichinha de recordação no seu diário!!!
Vocês podem procurar fichinhas nas cores dos valores, para dar um toque a mais. E usar furadores e adesivos para enfeitar as fichinhas.
Ah, não achem que um pacote com 100 unidades é muito para suas alas, pensem que cada moça, mãe, líder e irmã convidada, cumpre 7 valores que tem o controle de horas.. quantas fichas ao todo não serão necessárias? Se suas alas forem muito pequenas, podem fazer a compra com outra ala.

É possível fazer várias metas do Progresso Pessoal ao mesmo tempo?
As moças que costumam terminar o Progresso Pessoal por volta dos 16 anos, normalmente são moças que trabalham várias metas ao mesmo tempo e isso é possível se a moça, lider, mãe ou irmã tiver a dinâmica de administrar o tempo de cada meta. Por exemplo, tem várias metas que tem a duração de 3 semanas, algo como orar por sua família. Durante essas 3 semanas, a moça não vai só orar algumas vezes ao dia pela família e ficar com o tempo livre. Ela pode fazer algumas daquelas metas que são leituras de escrituras. 

Pode-se cumprir com os valores em qualquer ordem?
A moça pode escolher qualquer valor para começar a cumprir com o programa. Não precisa seguir a ordem do livreto.

As mães e irmãs convidadas podem escolher esperiências e projetos diferentes das filhas ou moças que cuidam?
Sim. Elas conversam sobre suas escolhas, porém cada uma escolhe a sua. Aquela que realmente será um novo desafio para ela.

Como devem ser registradas as metas e projetos do Progresso Pessoal no diário?
Isso fica a critério de cada uma, porém elas devem registrar 5 coisas fundamentais: a meta ou projeto que fizeram, como fizeram, data, seus sentimentos e testemunho. Algumas moças gostam de dividir um caderno em 8 partes, dividindo cada para um valor, essa divisão pode ser feita com folhas dobradas, tags, marcadores... A cada meta feita referente a cor do valor, ela escreve na parte correspondente. Esse método é muito bom porque ajuda muito a moça a organizar melhor o seu diário e a registrar as metas simultâneas. Outra forma, são fichários, pois facilitam para elas irem encaixando as folhas nos valores conforme fizerem as metas.
No caso dos projetos, como eles levam mais tempo, elas precisam descrever seu plano de como fazer o projeto e depois ir datando cada vez que fizer algo relativo ao projeto e sempre expressar seus sentimento e como aquele projeto tem feito ela exercer o valor que estiver cumprindo.
Caso a dúvida ainda seja de como fazer o registro de cada meta, segue uma sugestão de como discriminar no diário:

Valor:____________________
Meta: _____________________ (númeração ou resumo)
Experiência: ___________________ (ela descreve como fez)
Meus sentimentos: _______________________
Como essa meta aumentou minha/meu ________(valor)?
(a resposta da pergunta acima, será o testemunho da moça)

Já deu pra perceber que sou super organizada?rsrsrsrs

Em que momento as moças, mães, irmãs e líderes recebem as fitinhas e os adesivos dourados?
Como falado numa pergunta anterior, elas recebem após terminarem todas as metas do valor. Essa entrega da fitinha e do adesivo, diz no Progresso Pessoal (p. 90) que pode ser feito em um reunião das moças, ou seja, em uma mutual, atividade ou se ele quer fazer na reunião sacramental. Entreguem os dois juntos para não acontecer confusão do entregou e não entregou.rsrsrsrs Em minha ala, certa vez, aconteceu da moça falar para o bispo que queria receber na abertura da aula das moças, acabou acontecendo, porém foi muito breve, sem aquela coisa de passar tempo para ninguém. A líder só "avisou" para as demais moças que aquela moça havia terminado tal valor e lhe entregou a fitinha. Tudo muito rápido e prático, já que a abertura das aulas deve ser o mais breve possível para que sobre tempo suficiente para as aulas.

Quais os requisitos para que as moças recebam o seu reconhecimento do Progresso Pessoal?
O livreto do Progresso Pessoal descrimina esses requisitos (p. 76), porém, vou repassar eles:
  • Frequentar regularmente as reuniões sacramentais (onde for possível) - quando o livreto diz, onde form possível é porque tem algumas regiões onde a igreja ainda não tem alas, ou ramos. Se no caso, a moça mora em uma região onde ela faz parte de um ramo ou ala. DEVE frequentar as reuniões, essa frase "onde for possível" não existe!
  • Viva os padrões contidos no livreto Para o Vigor da Juventude - é aqui que muitas moças caem e não recebem o seu reconhecimento. Ou simplesmente recebem o reconhecimento sem viverem esses padrões. Resumidamente os padrões são: Arbítrio e Responsabilidade; Namoro; Vestuário e Aparência; Educação; Diversão e Mídia; Família; Amigos; Gratidão; Honestidade e Integridade; Linguagem; Música e Dança; Saúde Física e Emocional; Arrependimento; Observância ao Dia do Senhor; Serviço; Pureza Sexual; Dízimos e Ofertas; Trabalho e Autossuficiência; e Prosseguir com Fé. Então se uma moça está namorando fora da Igreja, não importa se o "rapaz já é membro e só falta batizar"... se a moça se vesti fora dos padrões em ocasiões especiais ou em casa... se a moça fica cantando o lepolepo... se a moça não gosta de ir a escola e falta as aulas... se a moça gosta de falar palavrinhas que diz não ser palavrões... se a moça assisti a cena de sexo do filme Crespúsculo e acha que não tem nada demais... Ela ainda não está prepara para ter esse reconhecimento!!!
  • Complete as experiências e projetos com os valores para cada um dos oito valores.
  • Mantenha um diário pessoal.
  • Frequente o seminário ou participe de um estudo independente (se houver) - Na maioria das alas e ramos do Brasil, existe uma classe do seminário, se a possa nesse horário está livre da escola ou trabalho, ela deve estar presente. Caso contrário, ela faz esse estudo independente. Agora aconteceram mudanças significativa em relação ao seminário, onde o jovem pode frequentar o seminário de outra ala, então não falta opção de locais e horários!!!
  • Leia o Livro de Mórmon regularmente.
  • Escreva seu testemunho do Salvador Jesus Cristo.

Outro requisito que não está escrito no livreto, mas faz parte.. é a moça participar das atividades da Organização das Moças. E o último requisito eu vou colocar como "passar" na entrevista com o bispo.rsrsrsrs O próprio livreto do Progresso Pessoal diz que o reconhecimento é um prêmio pela dignidade da moça. Não marquem da moça receber o medalhão dia 10 se ela ainda não passou pela entrevista com o bispo. Aguardem a entrevista, assim que a moça apresentar o livreto assinado pelo bispo, peçam para a secretária das moças marcar a data de entrega do reconhecimento com o secretário da ala.
O bispo assina nessa página do Progresso Pessoal:


Resumindo, não deem data de reconhecimento para as moças, a menos que o Bispo assine o livreto e depois esteja com a data marcada por meio do secretário da ala.

Quais os requisitos para que as líderes recebam o seu reconhecimento do Progresso Pessoal?
O livreto do Progresso Pessoal descrimina esses requisitos (p. 91), porém, vou repassar:
  • Servir por pelo menos um ano como líder das Moças - só para exclarecer quem são as líderes das moças da ala: presidente, conselheiras, secretária, líder de música e consultoras.
  • Completar as experiências obrigatórias de cada um dos oito valores.
  • Fazer três projetos com os valores, incluindo o projeto com o valor Virtude - O projeto Virtude que é ler o Livro de Mórmon é obrigatório, já os outros dois projetos, fica a critério da líder qual dos valores fará.

Quais os requisitos para que as mães recebam o seu reconhecimento do Progresso Pessoal?
O livreto do Progresso Pessoal descrimina esses requisitos (p. 92), porém, vou repassar:
  • Frequentar regularmente as reuniões sacramentais (onde for possível) - quando o livreto diz, onde form possível é porque tem algumas regiões onde a igreja ainda não tem alas, ou ramos. Se no caso, a moça e a mãe morem em uma região onde ela faz parte de um ramo ou ala. DEVEM frequentar as reuniões, essa frase "onde for possível" não existe!
  • Viva os padrões contidos no livreto Para o Vigor da Juventude - as mães e irmãs não acham importante ficar atentas à esses requisitos, porém eles são de suma importância na vida de todos os membros e nesse caso, para que as mães deem um bom exemplo para suas filhas. Resumidamente os padrões são: Arbítrio e Responsabilidade; Namoro; Vestuário e Aparência; Educação; Diversão e Mídia; Família; Amigos; Gratidão; Honestidade e Integridade; Linguagem; Música e Dança; Saúde Física e Emocional; Arrependimento; Observância ao Dia do Senhor; Serviço; Pureza Sexual; Dízimos e Ofertas; Trabalho e Autossuficiência; e Prosseguir com Fé. Então se uma mãe se vesti fora dos padrões em ocasiões especiais, usa roupas curtas ou transparentes, com decotes... se a moça fica cantando beijinho no ombro... se a falta as reuniões da igreja porque está chovendo, fazendo sol... se a mãe gosta de falar palavrinhas que diz não ser palavrões... se a moça assisti as cenas de sexo do filme Crespúsculo e nas novelas e acha que não tem nada demais... Ela não está sendo um bom exemplo para sua vida e ainda não está prepara para ter esse reconhecimento!!!
  • Complete as experiências e projetos com os valores para cada um dos oito valores.
  • Mantenha um diário pessoal.
  • Leia o Livro de Mórmon regularmente.
  • Escreva seu testemunho do Salvador Jesus Cristo.
O que acontece quando a moça completa 18 anos e sai da Organização das Moças sem terminar o Progresso Pessoal?
Aquela história da moça ficar fazendo hora extra no organização só acontece em raros casos e depois de muita analise por parte do bispo, pais e líderes das moças....
Mas se a moça teve a oportunidade e tempo para cumprir com o programa e não o fez, ela pode continuar com as metas, porém ela não receberá o medalhão, seu reconhecimento ao término, será apenas do certificado de conclusão do Progresso Pessoal.
("Conclusão do Progresso Pessoal", Progresso Pessoal, p. 89 / Manual 2 - Administração da Igreja, 10.1.5 Moças de 18 anos, p. 79)

Com que idade a moça pode receber o reconhecimento?
Essa é uma das dúvidas campeãs entre as líderes e que dá muita discussão entre as moças.rsrsrsrs
A partir do momento que a moça terminou todas as metas e projetos e seguiu todos os requisitos (Progresso Pessoal, pp. 6 e 7) ela está apta a passar pela entrevista com o bispo.
Quanto a idade, não tem uma idade certa, algumas moças conseguem cumprir o Progresso Pessoal, muito antes de sairem da organização. Quando isso acontecer, deve se levar em conta se ela frequenta o seminário regularmente. Se isso acontece, ela já está apta a receber o reconhecimento se o bispo autorizar. E é incentivada a fazer o programa novamente ou conquistar o Pingente de Honra da Abelhinha (Progresso Pessoal, p. 83-84).
Caso a moça termine o programa antes da idade de seminário, ela terá que esperar para receber o reconhecimento quando fizer parte da classe do seminário.
Em minha estaca aconteceu um caso desses, a abelhinha tinha 13 anos quando terminou o programa. Ela era uma moça que realmente vivia todos os padrões do Para o Vigor da Juventude, estava em todas as atividades e reuniões das moças. A líder da estaca conversou com a liderança da ala (lideres das moças e bispado), e decidiram que ela teria que esperar até fazer 14 anos, frequentar um ano inteiro de seminário e depois receberia o reconhecimento se ainda estivesse vivendo de acordo com os requisitos. Durante esse período, a moça esperou sem reclamar e inclusive ajudou várias outras moças de sua ala.

O que acontece quando a moça completa 18 anos e sai da Organização das Moças sem terminar o Progresso Pessoal?
Aquela história da moça ficar fazendo hora extra no organização só acontece em raros casos e depois de muita analise por parte do bispo, pais e líderes das moças....
Mas se a moça teve a oportunidade e tempo para cumprir com o programa e não o fez, ela pode continuar com as metas, porém ela não receberá o medalhão, seu reconhecimento ao término, será apenas do certificado de conclusão do Progresso Pessoal.
("Conclusão do Progresso Pessoal", Progresso Pessoal, p. 89 / Manual 2 - Administração da Igreja, 10.1.5 Moças de 18 anos, p. 79)

O que consiste o reconhecimento das moças e do Progresso Pessoal?
Costumamos pensar que o reconhecimento é feito apenas com o medalhão e certificação. Mas esquecemos que outra parte importante na vida da moça na qual devemos incentivá-la, é viver o Progresso Pessoal a partir do momento que ela entra na organização, para que possa estar digna e receber os certificados de avançamento de classe:


A foto acima não está boa, mas é o suficiente para vocês verem a foto do certificados, tem o da Abelhinhas, Meninas-Moças e Lauréis. Esqueçam qualquer outro que não for como esse da foto e que contenham os novos (desde 2010) símbolos das classes:




Quanto ao famoso reconhecimento que conhecemos, ele consiste no Medalhão (dourado ou prateado) e no certificado de conclusão:


Os novos medalhões são esses como da foto acima, os antigos devem ser entregues para os bispos, não devem ser dados para as moças, mesmo que elas queiram pelo fato de terem começado o Progresso Pessoal quando tinha o medalhão antigo.

Foto: Andressa Teach

O certificado de conclusão é como esse da foto. Ah, normalmente quando as líderes recebem o pacote de certificados não sabem pra que serve um adesivo com o simbolo do medalhão, ele deve ser colado no desenho do certificado, como está na foto acima.
Parte do reconhecimento, também é a moça receber todas as fitinhas:


("Reconhecimento das Moças", Progresso Pessoal, p. 91)

Quando e como é entregue os certificados de avançamento de classes?
Meninas, esses certificados também atestam a dignidade da moça. Então não entreguem para elas pelo simples fato que completaram a idade para ir para a classe seguinte. Quando a moça fizer idade de passar para a próxima classe, ela deve passar por uma entrevista com o bispo.
Lembram-se daquelas fichas que vocês preenchem com as informações das moças, entreguem para o bispo no dia da entrevista, para que ele saiba como anda o desenvolvimento da moça em relação ao Progresso Pessoal.
Ele irá conversar com ela sobre as metas, se está cumprindo com o Para o Vigor da Juventude, se está ativa nas atividade e reuniões, estudo das escrituras e se tiver a idade, no seminário.
Após essa entrevista, o Bispo dirá que a moça está digna de receber o certificado ou não. Tomem muito cuidado com isso. Presenciei uma situação muito desagravel em uma ala que conheço, onde a líder não havia se atentado que no certificado estava escrito que a moça recebia diante a dignidade dela. Então marcou a data para a moça receber em uma reunião sacramental e só avisou o bispo no decorrer da semana, ele marcou uma entrevista com a moça, mas ela não apareceu. Quando chegou no dia, o bispo estava dirigindo a reunião e não citou nada sobre o assunto, porém, como a líder já havia confirmado para a moça que ela receberia o certificado, convidou os membros da família que frequentavam outra ala para assistir o evento. Nada aconteceu e no final da reunião a presidente das moças foi cobrada, automaticamente ela foi cobrar o bispo. O bispo conversou com a presidente de que ela não deveria ter falado para a moça que ela receberia o certificado e ainda ter dado uma data sem antes conversar com o bispo. Quanto a moça, o Bispo conversou a parte com ela, pois estava namorando fora da igreja, não estava indo ao seminário e nem nas mutuais. Então o Bispo disse que ela não receberia aquele certificado, mas que se caso de arrependesse e passasse a fazer as coisas corretas, poderia receber quando saisse da classe da qual agora ela fazia parte.
A mãe achou a situação toda um absurdo e virou um tremendo campo de guerra a capela. A mãe não podia ver a líder que tentava bater nela por conta da vergonha que havia passado em convidar os parentes. No final a presidente também foi desobrigada.
Essa entrega de certificado de avançamento fica a critério do bispo em relação ao local. Se será na reunião sacramental ou mutual.

Quando é feita a entrega do reconhecimento de conclusão do Progresso Pessoal?
Ao contrário do que acontece na maioria das alas, a entrega do medalhão e certificado de conclusão, não deve ser feita apenas nos Novos Inícios. Assim que a moça terminar o programa, passar pela entrevista com o bispo e ele confirmar que ela está digna de ter o seu reconhecimento. Ele acontece em uma reunião sacramental. ("Reconhecimento das Moças", Progresso Pessoal, p. 91)
Quero fazer uma outra observação muito importante contida no Progresso Pessoal, quanto ao reconhecimento, ele diz "um membro do bispado pode entregar o certificado de reconhecimento das moças em uma reunião sacramental". ("Reconhecimento das Moças", Progresso Pessoal, p. 91)
Isso não quer dizer irmãs, que a moça pode esperar meses para ter o reconhecimento dela e também não quer dizer que quando ela for receber na sacramental, o membro do bispado tem que chamar a mãe para colocar o medalhão na filha.
A reunião sacramental, deve ter uma abertura breve para que o foco principal seja o sacramento e os discursantes.
Tem bispos que gostam de chamar a mãe da moça e esperar aquele tempo para mãe tirar o medalhão e colocar na filha. Mas irmãs, com um mundo de tecnologia... Podemos deixar tudo isso para o término das reuniões. Tirar as fotos, dar os abraços e chorar.
Tem outros bispos que chamam as líderes ao púpito para que elas chamem as mães para entregar os medalhões para s filhas...
Então tomem cuidado para não gastarem o tempo da reunião sacramental. Receber o medalhão para uma moça é um momento único, mas naõ deve estrapolar...
Quanto a receber nos Novos Inícios... basta lerem no Manual 2 de Administração da Igreja como deve ser a programação dessa atividade (10.8.3 Novos Inícios, p. 86) e verão que não é o lugar para se fazer entrega de medalhão, já que o propósito principal dessa atividade é explicar para os pais sobre o que acontecerá na organização no decorrer do ano, explicar para os pais das abelhinhas que entrarão como funciona o organização das moças e para que essas meninas também entendam. Nele se fala sobre o programa do Progresso Pessoal. Também tem um post que já fiz, sobre como preparar um Novos Inícios que poderá ajudar vocês á entenderem melhor a dinâmica da atividade, basta clicar aqui.
Na Excelência das Moças (Manual 2 de Administração da Igreja, 10.8.4 Excelência das Moças, p. 86), também não é lugar de receber o "medalhão", a menos que a moça termine o programa algumas semanas (de preferência 1 ou 2 semanas) antes da atividade, daí pode acontecer dela ter esse reconhecimento na atividade, por conta de ser uma atividade onde se comemora e valoriza o que cada uma delas fez durante o ano em relação ao Progresso Pessoal. Também tem um post que já fiz, sobre como preparar um Novos Inícios que poderá ajudar vocês á entenderem melhor a dinâmica da atividade, basta clicar aqui.
Quero fazer uma observação quanto a moça esperar para receber o "medalhão" em atividades como Novos Inícios e Excelência das Moças. Como sabemos, todos os chamados são feitos por inspiração, o que não nos dá um período exato que ficaremos naquela função. Então as vezes acontece de uma presidência fazer a moça esperar o reconhecimento até o dia de uma dessas atividades, nesse meio tempo a presidência é desobrigada e aí chega a época da atividade a nova presidente fica naquela: ela vai receber o reconhecimento de algo que não acompanhei ou não. Então sejam muito sábias em relação a isso. E como costumo brincar.. só pra dificultar a vida das líderes, quase todas são chamadas poucas semanas antes de um desse dois eventos e ainda na correira de acampamento.rsrsrsrsrs Daí as líderes ficam correndo com tema, decoração, ensaio, lembrancinhas... e acabam tendo que despender outro tempo pra ver se a moça vai ou não receber...

Quando as mães podem receber o seu reconhecimento de conclusão do Progresso Pessoal?
A mãe recebe junto com sua filha ou depois dela. Não pode ser antes, já que o objetivo das mães fazerem é ajudarem suas filhas a concluirem o programa.
("Participação das Mães", Progresso Pessoal, p. 92)

As irmãs que ajudam as moças podem receber o seu reconhecimento de conclusão do Progresso Pessoal antes da moça terminar o dela?
Mais uma dúvida cabeluda.rsrsrsrsrs O livreto do Progresso Pessoal tem informações super valiosas em relação a isso, ele diz que essas irmãs cumprem com os mesmos requisitos das mães. Ou seja, ela não pode receber o reconhecimento antes da moça. Afinal, o propósito é essa irmã fazer o papel da "mãe", incentivando a moça a permanecer firme com as metas e projetos. De nada adianta essa irmã receber o reconhecimento e no final a moça não terminar o programa. Lembrando que apesar da frustração das irmãs por isso acontecer, o propósito principal é as moças terminarem o programa e não as irmãs...
("Participação das Mães", Progresso Pessoal, p. 92 / "Requisistos do Progresso Pessoal para Outras Pessoas Que Queiram Participar do Programa", Progresso Pessoal, p. 93)

Quem paga o medalhão das mães e irmãs que ajudam as moças?
No ano passado rolou na net essa pergunta, pois aconteceram treinamento ministrado pela Sister Costa em algumas regiões do Brasil, onde ela falou que quando a irmã ajuda uma moça, ela deve pagar por seu medalhão. Eu fiquei na dúvida já que no livreto do Progresso Pessoal, diz que as líderes das moças e bispado são responsáveis pela compra desse material, e acabei perguntando para diversas irmãs que estiveram presentes nos treinamentos dados em São Paulo, Curitiba e Manaus. De fato, foi isso que ela passou no treinamento. A Organização das Moças, só deve despender seu orçamento para a compra do medalhão das moças, as demais irmãs devem depositar o valor no envelope do dízimo na opção "outros". Escrevendo que é da compra do medalhão. Dai a presidência das moças da ala e o bispado são responsáveis por fazer essa compra e entrega que pode ser feita juntamente com a moça na reunião sacramental.

O que as moças podem fazer se terminarem o Progresso Pessoal antes de sairem da Organização das Moças?
A moça pode ser convidada à fazer novamente o Progresso Pessoal ou preparar-se para receber o pingente de honra da abelhinha:

Esse pingente tem nas cores dourado e prateado. E para conquista-los a moça deve ler o Livro de Mórmon novamente e servir aos outros por um total de 40 horas.
Apesar de no livreto dizer "outros" a preferência é que essa moça ajude outras moças da ala com o Progresso Pessoal. No término dos requisitos, ela conversa com a presidente das moças sobre sua experiência e vai para uma entrevista com o Bispo. Não são muitas as moças que tem recebido a abelhinha, mas quando acontece, os Bispos gostam de fazer esse reconhecimento em uma reunião sacramental, para que sirva de exemplo para as demais moças. Mas essa abelhinha pode se entregue em uma mutual.

("Conclusão do Progresso Pessoal", Progresso Pessoal, p. 89 / "O Que Devo Fazer Após Concluir o Programa de Progresso Pessoal?", Progresso Pessoal, pp. 83-84)

Bom, acho que essas irformações ajudam bastante!! Caso tenham dúvida em relação aos materiais atualizados usados na Organização das Moças, fiz um livreto com todos esses materiais que pode ser viasualizado aqui.
Quero agradecer a cada uma das irmãs que me ajudaram a preparar esse post enviando suas sugestões e dúvidas em relação ao que colocar nesse post: Flávia Sphair (Curitiba-PR), Celia (Quebec-Canadá), Polly Cardoso (São Paulo-SP), Liziane Silva (Caxias do Sul-RS), Erica Torres (São João de Meriti-RJ), Iclé Souza (Parnaiba-PI), Rosa Barbosa (Rio de Janeiro-RJ), Alessandra (Botucatu-SP), Walquiria Campos (São Paulo-SP), Alba Tavares (Gama-DF), Daniele Freitas (Porto Alegre-RS), Rejane Lima (Mauá-SP), Daniele Silva (Curitiba-PR), Luciane Caillot (Curitiba-PR), Fernanda (Diadema-SP) e Selma Tragante (Pinhais-PR).
E antes de finalizar o post, quero fazer uma observações que tem vindo de diversas irmãs, o fato das moças e irmãs estarem exibindo os medalhões como se fossem um troféu de perfeição. Irmãs, enquanto ensinam suas filhas e moças, procurem fazer as moças entenderem o verdadeiro significado do medalhão e que o usem, mas sem agir como se fossem melhores do que as outras. Façam sempre se lembrarem de que o medalhão é um simbolo de sua dignidade e que devem continuar agindo conforme os padrões do Para o Vigor da Juventude.
Acredito que uma das coisas que mais tem acontecido, são os desfiles com medalhões e roupas fora dos padrões juntos. Outro dia levantei um comentário em meu perfil no Facebook sobre esse assunto e em um grupo fechado e gerou-se uma grande polêmica quanto ao tamanho da saia ou vestido. Muitas irmãs chegaram a dizer que a igreja não fala se a saia tem que ser abaixo ou alguns dedos acima dos joelhos. Bom, vou compartilhar com vocês um cartaz que a igreja compartilha em época de EFY para que os jovens entendam os tipos de roupas permitidas durante o acampamento:


Mães, ouçam as líderes de suas filhas, deixem de brigar porque acham que suas filhas merecem o medalhão e que as líderes estão agindo com indiferença com elas. Vocês levantaram suas mães como gesto de apoio à essas líderes. Quando um líder disser que suas filhas não estão preparadas, voltem para casa, ponderem e orem ao Pai Celestial para que tire o furor de seus corações e lhes ajude a entender o que devem fazer para que suas filhas se tornem dignas de receber o medalhão.
Todas as mães que vi brigar porque suas filhas mereciam o medalhão, receberam e permaneceram firmes no evangelho por mais alguns meses. Esse é o preço que querem pagar?
Ensinem suas filhas a serem humildes, a ouvir e acatar os líderes. A respeitarem seus bispos e a ter amor por todas as líderes das moças.
Parem de agir como o macaco que senta no próprio rabo e fica olhando o do vizinho. O que mais acontece são mães falando que as líderes favorecem suas filhas que estão nas moças e desprezam as outras. Ajam como irmãs em sião e aprendam a lhe dar com a situação, suas filhas aprenderão muito mais com vocês se derem um exemplo de humildade do que se agirem como pessoas ofendidas.
Irmãs que tem filhas nas moças, realmente tomem muito cuidado para não agirem como mães. Vocês são líderes e devem agir como tal. Sei que será muito difícil não ver suas filhas recebendo o medalhão, mas se for necessário, não entreguem e preparem melhor elas, repreendam quando necessário!


ATUALIZAÇÃO: Meninas, no site da igreja tem uma material muito boa que tira algumas dúvidas que não foram respondidas na publicação porque eu não sabia uma fonte confiável. Nessa publicação responde se as irmãs e líderes podem receber a Abelhinha de Honra e outras coisas. Segue o link da publicação aqui. (23/jan/2017)

67 comentários:

  1. Acho que agora a maioria das dúvidas foram sanadas, rsrrsrs ótimo post, e apesar de eu estar há tanto tempo nas moças, lendo o post vi uma coisa ou outra que estava esquecendo e já vou reajustar minhas atividades, e relembrar alguns pontos às moças e líderes.

    E sobre como podemos saber se elas cumpriram os requisitos, vai a minha contribuição do que eu faço: como presidente, eu não gosto de forçar a barra e pedir para "provar" de alguma forma o que elas fazem. Como acabamos de escutar na conf. geral, "as pessoas fazem coisas extraordinárias quando confiamos nelas". Por isso, acompanho o que elas fazem com tranquilidade e faço perguntas sobre como elas cumpriram a meta ou projeto, que sentimentos elas tiveram e o que aprenderam, de forma rápida e simples. Acho que pedir para mostrar ou ler diários, mesmo que seja só do progresso pessoal, invadem um pouco a privacidade delas e prefiro confiar no que elas dizem, mesmo correndo o risco, acredito que se tiver algo de errado, o Espírito irá inspirar-nos a agir como líderes, e acho que tenho conseguido bons resultados assim.

    Apenas vejo se elas fazem as anotações, dos projetos por exemplo, só assino depois que vejo que elas fizeram um planejamento... ou se elas leram o livro de mórmon, se elas escreveram seu testemunho do Salvador como é requerido, mas se as anotações estão lá, acredito no que elas fazem e fechamos a meta!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flávia,
      Espero que realmente esse post ajude muitas irmãs e que novas ideias possam vir com elas!!!!!

      Aqui na minha estaca tem muitas moças que não gostam de falar muito, então elas preferem escrever e pedir que suas líderes leiam. É legal porque dá uma boa introdução na conversa delas.
      Mas essa forma como vc faz, é ótima!!! A moça deve se sentir a vontade para falar sobre suas metas e projetos!!!

      Obrigada mais uma vez por vc estar aqui no blog!!!!

      Excluir
  2. Adorei o post Mi, muito bem explicado, parabéns e muito obrigada! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elicéa,
      É um prazer ter vc aqui no meu blog!!!
      Obrigada pelo carinho!!!!

      Excluir
  3. Muito bom, Michele. É muito importante estar sempre estudando o manual de administração 2 e também as explicações do PP, ás vezes as lideres vão no automático e deixam passar informações importantes. Acho que é muito válido resgatar o verdadeiro significado do medalhão das moças e do progresso pessoal, me faz lembrar da mesma preparação que tive quando fui ao templo pela primeira para receber minhas ordenanças para servir uma missão. As moças precisam compreender que suas vidas vão mudar depois que receber um medalhão, elas nunca mais serão as mesmas, e o medalhão que usam é um símbolo externo de uma vida de retidão e compromisso com o Senhor. Obrigada, você como sempre é 10! Beijocas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rosa,
      Tô vendo que esse post só trouxe celebridades.rsrsrsrsrs
      Sim, eu tenho me perguntado muito porque as moças estão recebendo medalhões e não agindo conforme. Tenho me questionado se elas realmente entendem essa questão do compromisso e de serem diferentes. O Progresso Pessoal pode mudar totalmente a vida delas.
      Quando tive a oportunidade de cumprir com o programa, adquiri um amor e um testemunho muito grande sobre a importância dele. Eu realmente amo o PP.

      Excluir
  4. Muito bom! Bem claro e explicativo! Bjos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Verônica,
      Obrigada por aparecer aqui!!! Principalmente nesse post que vc tanto me incentivou!!!

      Excluir
  5. Mii! Adorei! Muito obrigadaaa!

    ResponderExcluir
  6. Olá Michele, tudo bem?
    Acompanho sem blog há algum tempo. Ele já me ajudou diversas vezes, mas nunca tinha parado para comentar antes (sinto muito!)
    Achei o post excelente e muito interessante.
    Realmente, muitas experiências que você relatou infelizmente acontecem, então vamos comentar por partes.

    Primeiro: já pertenci a três unidades diferente e em todas elas tive a oportunidade de participar da Organização das Moças.
    Na primeira unidade, eu participei como moça mesmo. Minha líder conferia cada meta que eu havia feito e inclusive lia meu diário para ver se eu realmente tinha feito. Inclusive, ela chegou a sugerir que eu refizesse várias metas. Na época eu era recém conversa e não tinha muito conhecimento. Até hoje sou grata a ela por ter me ajudado dessa forma. Pois foi fazendo o progresso pessoal que eu realmente adquiri um testemunho da Igreja. Conheci a Igreja com 17 anos e me batizei com 18. Não tive a oportunidade de frequentar seminário, nem participar de acampamentos, então foi ela e o progresso pessoal que me ajudaram a continuar firme. Essa "técnica", porém, não ajudou todas as moças, Algumas não gostavam de refazer o projeto ou as experiências e muitas desistiram.
    Na segunda ala que passei, fui segunda conselheira das moças. A presidente também olhava os diários. Nessa ala deu muita confusão porque as moças eram bem rebeldes. Tivemos uma que disse que leu todo o Livro de Mórmon. Ela até chegou a escrever seu testemunho sobre ele. Depois descobrimos que ela tinha baixado da internet um resumo do Livro de Mórmon. Foi pedido que essa moça em questão e muitas outras refizessem as experiências e projetos. Resultado: nenhuma delas conquistaram seu medalhão.
    Na terceira ala, a que estou agora, fui primeira conselheira das moças. A presidente não pedia para olhar os diários das moças. Ela entrevista a moça a medida que elas apresentavam suas experiências prontas. Ela conferia apenas se a moça tinha realmente registrado as metas, colocado data de início e termino, contabilizava as horas dos projetos. Algumas moças entretanto lhe davam o diário para ela ler, mesmo sem ela pedir.
    No meio do ano passo, fui chamada como presidente das moças. Continuei a agir dessa mesma forma que a presidente anterior. Tive duas moças que completaram todo o progresso pessoal e receberam seus medalhões. Elas me deram seus diários para que eu pudesse ler. Elas compartilharam suas experiências conosco nas entrevistas e durante as aulas de domingo, quando o assunto eram o mesmo de alguma meta que elas tinham feito. Além disso, sabíamos que elas frequentavam o seminário e vivam os padrões. Esse domingo, uma dessas moças me deu seu diário novamente para que eu o conferisse. Ela estava cumprindo os requisitos para receber o Pingente da Honra da Abelhinha. Fui acompanhando a medida que ela os foi cumprindo, por meio de entrevistas e até mesmo conversas informais. Ela ajudou outras duas jovens a cumprirem todo o valor fé. Sei que ela realmente se esforçou. Essa semana terei uma nova entrevista com ela e com o bispo, então prepararemos todas as coisas para que ela possa receber seu pingente.
    Sinceramente, acho essa forma bem eficaz. Como a Flávia mesmo comentou mais abaixo, você acaba criando um laço maior com as moças. Elas confiam em você e elas compartilham livremente com você suas experiências.
    É sempre muito importante ter tato, tenho na minha unidade duas moças (elas são irmãs gêmeas) que tem problemas neurológicos e deficit de aprendizado. Recentemente elas aprenderam a ler. Agora estão aprendendo a escrever. Elas cumprem o progresso pessoal. Como elas tem dificuldades, nós as entrevistamos e lemos seus diários. Às vezes elas só comentam ou escrevem assim: Aprendi que é importante orar todos os dias. E pronto. Nós levamos em consideração principalmente pelo esforço que elas fazem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathalia,
      Não servi tanto tempo nas moças, mas acompanho por meio do blog muitas líderes, alas e estacas. Além da minha própria. Tenho visto que moças estão usando de artimanhas para receber o medalhão. Essa da moças que copiou um resumo da internet, confesso que ganhou como a mais criativa.rrsrsrsrs
      Cada líder conhece ou pelo menos deve procurar conhecer aquelas moças que lidera e ficar atenta ao gênero da moça. Uma líder percebe rapidamente quando uma jovem é boa e quando é uma jovem que não entende o próposito do PP. E em cima disso que as líderes devem trabalhar.

      Excluir
  7. Segundo (acho que esse comentário vai ficar tão grande quanto o post!) : tivemos um grande problema na ala que estou agora quanto aos certificados de avançamento de classes. Na época, eu era conselheira ainda. Quando a presidente levou a questão de que achava que nem todas as moças da ala deveriam receber os certificados de avançamento de classe ao bispo, ele não concordou. Embora soubesse que algumas moças não estavam frequentando o seminário,nem vivendo os padrões. Ele achou que todas deveriam receber o certificado e que nós, a presidência, deveríamos trabalhar mais os valores contidos no certificado. No fim, TODAS as moças receberem seus certificados. Mesmo aquelas que não "mereciam". Mas tarde esse bispo foi desobrigado. Nosso bispo atual nos aconselha a trabalhar primeiro o que diz o certificado para depois conferir-los as moças.

    Terceiro: Sobre o treinamento com a Sister Costa. Esse treinamento deu o que falar na nossa Estaca. Isso porque quando a presidente das moças da estaca voltou dele, ela trouxe inúmeras mudanças. Inúmeras mesmo! Algumas bem absurdas! Ela foi logo desobrigada e a nova presidente teve muito trabalho para corrigir a bagunça. Mas, uma coisa permaneceu. Depois desse treinamento, fomos instruídas a só fazer o reconhecimento das Moças quando esta completar seu último ano do seminário. Quando a presidente das moças da estaca foi desobrigada e a nova assumiu, ela manteve "isso". Uma das minhas moças cumpriu o progresso pessoal com 16 anos. Ela teve que esperar um ano inteiro para receber seu reconhecimento. Você citou a moça que completou tudo com 13 anos. Aqui na estaca ela teria que esperar mais de um ano para receber seu medalhão. Não sei se isso é certo, mas...

    E por último, obrigada pelo post. Me ajudou a relembrar vários pontos e aspectos. Como eu disse, não costumo comentar mas seu post sobre Novos Inícios me ajudou muito a preparar o da nossa ala.
    Obrigada mesmo pelo trabalho.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nathalia,
      Esse do certificado de avançamento, acho que muitas alas nem tem usado, vira e mexe estou conversando com alguma irmã e ela fala que nem sabe que certificado é esse.

      Quanto a questão do treinamento da Sister Costa assim como deu confusão em sua estaca, ainda dá em muitas outras. Essa mesmo da irmã ter que pagar o medalhão, eu só acreditei depois de conversar com várias irmãs que estiveram no treinamento de São Paulo, Curitiba e Manaus. Caso contrário, eu não teria acredito...
      Muitas irmãs tem colocado como se a Sister Costa tivesse trazido duzentas mudanças nos treinamento. Na verdade ela falou tudo aqui que está nos manuais, mas as irmãs por algum motivo não leem. Por exemplo, no dia ela falou que durante a abertura dominical só pode falar o tema e tem que ser todas as moças juntas. Daí pra maioria das irmãs aquilo foi uma mudança, já que suas alas e estacas falavam o tema e lema, sendo que na verdade não foi mudança nenhuma, é o que está no manual de administração da igreja.

      A questão do medalhão tem se gerado muita confusão nas alas, moças que não cumprem com os padrões, irmãs que não ajudam moças... recebendo. E a questão de segurarem a moça muito tempo para ter o reconhecimento. Imagina a confusão se uma líder é desobrigada e a moça aida está esperando para receber o medalhão? Imagina a confusão para a nova presidente...
      Eu não sei, pra mim as intruções são bem claras, somos nós que estamos fazendo tudo complicado...

      Excluir
    2. Concordo com você.
      Obrigada mais uma vez por compartilhar seu conhecimento e ideias.
      Tem me ajudado muito mesmo.
      Beijos

      Excluir
    3. Nathalia,
      Eu que agradeço por essa conversa!!! Espero te ver mais vezes aqui nos comentários dos posts!!

      Excluir
    4. Adorei o post!!!
      Bem claro, direto e extremamente esclarecedor!
      Usando uma linguagem bem "popular", ou seja, sem medo de falar a verdade e sem deixar nada nas entrelinhas!
      Quanto as mudanças que tu citou no treinamento da Sister Costa, elas não existem mesmo, porém o que mudou foi o Manual de Administração 2 mesmo (se não me engano as mudanças aconteceram em 2010), então o treinamento da sister foi apenas para reforçar o que mudou no manual, nada mais! Porém se as líderes não lerem o manual, fica difícil, não é?! rs
      Pena que só vi esse post hoje (e logo compartilhei no meu blog tb), pois tivemos treinamento com as líderes das alas há 3 dias e esse post poderia ter sido parte do treinamento, teria feito até uma cópia para cada líder (na verdade, ainda vou fazer, mesmo tendo passado o treinamento).
      Enfim, só queria te parabenizar pelo tempo dedicado a esse post (que não deve ter sido pouco) e por falar tudo que precisávamos ouvir e saber!
      Bjos

      Excluir
    5. Isso mesmo, as mudanças aconteceram em 2010. Eu sei que em muitos momentos aqui no blog acabo sendo até grossa, mas poxa, nós como líderes devemos ler o Manual de Administração da Igreja para podermos cumprir com qualquer chamado na igreja.

      Depois me conte se vc imprimiu para as líderes de sua estaca!!!

      Excluir
  8. Nossa que post MARAVILHOSO !!!!! Amei!!!! Apesar de ter 7 meses na Organizaçao das Moças, soy bem crua. Como eu estava procurando respostas para algumas dúvidas, esse post chegou na hora certa, vejo que algumas coisas devem ser corrigidas. Sou a primeira conselheira, e tem muuuuuuita coisa que preciso aprender e dúvidas a sanar. Vou compartilhar esse post com minha Presidente porque achei muitissimo proveitoso. Obrigada por compartilhar conosco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu,
      Que bom que esse post pode de ajudar com as dúvidas!!! Eu fiz ele exatamente porque muitas irmãs me enviavam várias perguntas. Se vc tiver alguma dúvida que não respondi no post, me envia, assim posso até dar uma atualizada!!!

      Excluir
    2. Nossa, ele está tão bem explicado!!!! Eu achei muito interessante ,por exemplo de como as moças devem contar as hora dos projetos, muito boa !!!! Vou conversar com a Pres. , para fazermos uma mutual para explicar a elas, moças, sobre o horário, diário....sim, surgindo dúvidas eu posto aqui.A uma dúvida temos uma jovem de 13 anis, que esta terminando seu pp, mas as Pres.já falaram para a jovem e para a mãe que ela receberá o medalhão só aos 17 !!!! Ela não pode receber então agora, ou ano que vem como vi num exemplo que vc usou ? Mas surgindo dúvidas e surgirão , eu voltarei aqui. Aliás eu ADORO seu blog!!!!!

      Excluir
    3. Lu,
      Eu pensei nessa de contar horas porque sou bem organizada.rsrsrsrs Mas como a Flávia comentou aqui no post, só tem que tomar cuidado para não virar o foto principal. As moças já tem que pensar em projetos que levem tempo, mas acima de tudo, que ensine algo para elas!
      É um pouco complicado se vc tiver que ficar explicando para líderes de estaca. Mas a moça precisa frequentar pelo menos 1 ano de seminário. Assim que ela fizer isso, pode receber o medalhão. Porém tem líderes de estaca e alas que não aceitam e dizem que a moça só vai receber com 17 anos.
      O que é importante também avaliar é a moça, se é uma moça que já é bem participativa e realmente vive os padrões do Para o Vigor da Juventude, é válido essa moça receber com 14 ou 15 anos. Essa moça que citei quando fiz o post, recebeu seu medalhão assim que terminou o primeiro ano do seminário. Daí ela já recebeu junto a abelhinha porque durante aquele ano que frequentou o seminário, trabalhou a honra da abelhinha. Assim que ela recebeu o medalhão ela iniciou novamente o Progresso Pessoal e agora com 17 anos, está terminando novamente. Ela é uma moça incrivel, participa de tudo, ajuda as demais moças, está sempre ajudando a liderança e já tem seu primeiro chamado "Consultora de História da Família da ala". Ela se veste nos padrões, faz coisas boas em relação a mídia...
      Se no caso a moça que vc tem em sua ala, precisar melhorar a questão de vestimenta ou padrão de namoro, vc pode trabalhar um pouco mais com ela essas coisas...

      Excluir
    4. Se uma moça tem menos de 14 anos, assim impossibilitada de frequentar o seminário e completou o Progresso Pessoal, é o bispo que determinará a dignidade.
      FONTE: https://www.lds.org/callings/young-women/leader-resources/frequently-asked-questions?lang=por

      Excluir
  9. Agora sim, ficou bem claro pra mim!!! Muitissimo obrigada por sua atenção !!!!! Agora, colocar em prática. Um grande abraço !!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu,
      Quanto tiver dúvidas, pode me mandar um e-mail:souumadastontas@gmail,com

      Excluir
  10. Tudo muito claro... só não entendo pq a presidencia da minha estaca exige q os novos inicios sejam até o fim de dezembro. .. o pior q disseram para pres das moças da estaca q quem não leu foi elas... vou encaminhar seu post a eles...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karla,
      Eu não sei o que aconteceu em sua estaca, mas na semana passada recebi a mesma queixa de outra irmã, pior que na ala dela vai ser a Excelência em um sábado e no outro o Novos Inícios....

      Excluir
  11. Eu tenho 23 @nos e nunca fiz o progresso pessoal mas tenho desejo. Será que ainda posso?

    ResponderExcluir
  12. ótiiiiiiiiiimo! Adorei, perfeito! Mas queria saber das referencias quanto ao tema CERTIFICADO DE AVANÇAMENTO. As moças que se esforçam pra viver os requisitos, mas por exemplo não frequentam o seminário, será que não merecem receber o certificado? reconhece o que elas fizeram de bom? ou punimos o que elas deixaram de fazer? Ain... que dificil

    ResponderExcluir
  13. A moça que já terminou o progresso pessoal e deseja fazer novamente pode receber as fitinhas novamente tbm??

    ResponderExcluir
  14. Oiii, amei seu post , sempre vejo suas dicas *--* mas tenho algumas dúvidas, foi dado um treinamento pela liderança da estaca, que as irmãs da soc.soc não podem mais fazer o progresso pessoal. Pois ele é voltado só para as moças e lideres, e disseram que tá no manual. Mesmo que a irmã ajude uma moça. Vi no seu poste que a irmã e a moça podem receber o medalhão juntas, a irmã pagando por ele. Isso ainda existe ou foi tirado mesmo? Alguma de vocês tiveram algum treinamento recente com alguma carta da presidência geral ou consta no manual falando isso? Desde já, obrigada. :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raylenne,
      As irmãs podem participar sim, mas desde que sejam convidadas pela presidência das moças para ajudar alguma moça.
      O que não pode acontecer é como vi em algumas alas de minha estaca, ser entregue o livreto para todas as irmãs da Sociedade de Socorro e falar pra elas fazerem o programa.
      O objetivo não é as irmãs receberem medalhões, mas sim as moças!

      Excluir
  15. Uma moça que não seja membro pode fazer o progresso pessoal???Recebe o medalhão????

    ResponderExcluir
  16. Pergunta: Se uma moça teve a oportunidade durante sua permanência na OM e não fez a Honra da Abelhinha, ela pode fazê-la depois quando já estiver na Sociedade de Socorro?

    ResponderExcluir
  17. Pergunta: Se uma moça teve a oportunidade durante sua permanência na OM e não fez a Honra da Abelhinha, ela pode fazê-la depois quando já estiver na Sociedade de Socorro?

    ResponderExcluir
  18. bom dia, tenho uma duvida sobre a experiência obrigatória, do valor fé que consta a escritura de Esther 12: 6-22. não existe esse capitulo.alguem pode me explicar.oque digo as moças

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Irmã, foi um erro de impressão. Na verdade a escritura é Éter.

      Excluir
    2. Irmã muito obrigada pelo post, tirou sem muitas dúvidas, apesar de ja conhecer o programa das moças é cheio de detalhes e devem sempre ser muito bem estudo para melhor execução do programa.
      Irmã tenha uma dúvida a respeito das classes, os quadros mudaram e as mensagens e o emblema da classe também,os quadros antigos q antes era declamados não são mais usados certo?
      E esse novo quadro das classes vem junto com a moldura dourada ou SÓ vem a gravura?

      Excluir
  19. Boa tarde!!! amei seu blog minha linda!! Uma perguntinha..uma moça que irá fazer 18 anos em um mês ela pode fazer o progresso pessoal ????

    ResponderExcluir
  20. Outra pergunta, rsrs porque uma moça que termina o progresso Pessoal pessoal antes dos 18 anos não pode receber o Medalhão tem que ser 18?obrigada. Bjim!!!

    ResponderExcluir
  21. Adorei o post. Sou pres. das moças de minha estaca e vou passar pra elas esse treinamento! Obrigada por compartilhar o seu talento conosco! Beijos

    ResponderExcluir
  22. Sou uma moça da igreja... Estou com dúvida em uma questão... Tipo tem aquelas experiências elaborada por mim, eu devo cumprir essa mesmo a que eu fiz a meta????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Izabela,
      Me adiciona no whats e me lembra de tua dúvida que será melhor para conversarmos: (11) 9 4159-4656

      Excluir
  23. Olá, me tirem uma dúvida, por favor.
    Já conclui meu Progresso Pessoal, e na época eu estava louca pelo medalhão prata, mas só tinha o dourado, então fiquei com o dourado. Depois de um tempo, chegou o medalhão prata e minha presidente trocou. Desde que ela trocou pelo prata, não fiquei muito contente, pois havia criado uma paixãozinha pelo meu medalhão dourado... Será que ela pode me devolver o dourado ou trocar por um outro dourado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Na verdade ela nem poderia ter trocado a primeira vez.

      Excluir
  24. Gostei muito do post, mas tenho uma dúvida: as líderes e mães podem receber a abelhinha se cumprirem com as metas, ou é só para as moças?

    ResponderExcluir
  25. Olá, Sou Uma Laurél e Irei Refazer O Progresso Pessoal....Minha Dúvida é Se Eu Preciso Fazer as 6 Experiências ou Somente As Experiências Obrigatórias?
    Obrigada!!
    Siim, Eu Amoo As Suas Postagens, Elas São Ótimas e Ajudam Muito....

    ResponderExcluir
  26. Olá.
    O que fazer qdo uma moça entrou na organização aos 12 anos e só cumpriu as metas do Progresso Pessoal ao 18 anos qdo estava prestes a sair da organização? Decidiu fazer tudo correndo para ganhar o Medalhão. Seria digno ela receber?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmã, o ideial é vc conversar com o bispo sobre o caso dessa moça.

      Excluir
  27. Eu tenho 21 anos conheci a igreja e me batizei a 1 ano,eu poderia fazer o Progresso Pessoal?

    ResponderExcluir
  28. Achei o Maximo tudo isso. dei o meu treinamento baseado nesse post. agora queria saber como encontrar a afirmação que sister não poder fazer o PP por uma autoridade, não é nem pq eu tenha duvida, mas tem algumas lideres da minha estaca que estão questionando.

    ResponderExcluir
  29. Olá, meu nome é Dayane eu tenho 15 anos. Eu gostaria de saber como colocar as fitas do progresso pessoal no marcador igual a imagem ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dayene, eu aprendi a colocar as fitas no marcador assistindo esse vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=s_jDO_j0c1s

      Excluir
  30. Olá eu tenho 19 anos... já fiz o progresso quando era das moças
    Agora sou conselheira das moças e estou começando a fazer o preogresso de novo.
    Minha dúvida é : quem assina minhas experiências e projetos?
    Vi que no progresso so fala das mães e não das solteiras e se e uma líder das moças ... Que líder ? Da ramo ? Ou do Distrito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana Lucia,
      Como vc é líder de ala, quem assina o seu PP são as líderes de estaca. Mas vc só pode receber o reconhecimento se servir pelo menos 1 ano na organização.

      Excluir
    2. Olá,
      Em minha estaca não é uma prática utilizada as líderes de estaca assinarem o PP de líderes de ala. Poderia me passar alguma referência de onde encontro essa informação?

      Parabéns pela iniciativa em escrever este artigo tão importante.

      Bjs

      Excluir
  31. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  32. Boa tarde!
    Sobre o pingente de Honra da abelhinha, ele pode ser conquistado pelas líderes das moças também?
    Não encontrei nada no PP e manual sobre isso.

    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaís, no site da igreja na parte das moças tem um tópico sobre perguntas frequentes e lá responde sua pergunta.

      Excluir
  33. Thais,
    Em relação a líder de estaca assinar o PP é algo um pouco óbvio. Quais são as líderes que são responsáveis pelas líderes de ala? As líderes de estaca são responsáveis por ensinarem a forma correta de cumprir o programa para as líderes de ala. Ao mesmo tempo elas são responsáveis por verificar se elas estão compreendendo o programa e quais suas dificuldades.

    Já em relação a Honra da Abelhinha, eu também não conheço nenhuma instrução.

    ResponderExcluir
  34. A data coloca o início e o fim da meta?

    ResponderExcluir
  35. Olá, gostaria muito de tirar uma dúvida com você, será que poderia me add no whatsapp? Obrigada! (45)99933-8011

    ResponderExcluir
  36. Olá!
    Tenho uma dúvida em relação às líderes que fazem progresso pessoal... Sou concelheira das moças da estaca, então, quem é que assina o meu PP? É um dos homens da presidência da estaca?

    ResponderExcluir

Os comentários que tiverem links de blogs, serão excluidos. Assim como os comentários de divulgações de sites, blogs e qualquer outro meio de vendas. Se quiserem que o blog ou produto seja compartilhado no blog, mandem por e-mail.