As Tontas Vão ao Céu

sábado, 12 de julho de 2014

Curso de História da Família - Ala Santa Tereza (1ª Turma de 2014)

Galerinha,
Acho que vocês se lembram que no ano passado postei aqui no blog todos os recursos e ideias que eu e a outra consultora usamos para a turma que montamos para o curso. Bom, tivemos alguns problemas com o fato de convidar famílias porque algumas não deram a menor importância, outras queriam participar de apenas algumas aulas e ainda teve quem só apareceu nas primeiras. Então para essa vez, mudei a tática!!!!
Como teve uma turminha que participou do curso de Preparação para o Templo e fizeram suas ordenanças a pouco tempo, entreguei os convites em mãos para essas pessoas. Também fiz um cartaz que foi colado no painel de anúncios do corredor.


Ah, também entreguei convites em mãos para os líderes (Bispado, Quorum de Elderes, Quorum de Sumos Sacerdotes, Sociedade de Socorro, Organização das Moças e Organização dos Rapazes) para que fosse anunciado nas classes e na sacramental, convidando todos os membros à participarem do curso.


Para esse convite ser mais intenso, antes de anunciar na capela, eu mandei o convite em conversa coletiva para todos os membros da ala que tinha no meu Facebook e postei também no perfil da ala. Também entreguei em mãos para aqueles membros que acabaram de passar pelo templo ou se casar.
O convite que fiz foi feito com a mesma arte que usei para um treinamento dado no Caxingui pelo Leles Junior:



De antemão, já vou adiantar uma coisa... Irmãos e irmãs, eu fico extremamente irritada quando vejo meus arquivos pairando pela net modificados... E esse cartaz foi um deles.. Quando fiz a pedido da Andressa Jardim (Itapecerica da Serra-SP), não coloquei o link do meu blog por se tratar de um pedido particular, porém, menos de um mês depois, uma estaca estava usando meu arquivo modificado. Então tenham a capacidade de entrarem em contato comigo pedindo permissão para fazer isso, ou perguntando se posso fazer as adaptações necessárias para suas alas e estacas!!!
O mesmo espero de todo o restante dos materiais que estarei compartilhando nesse post sobre o curso de minha ala!!!
Quanto a ata que usei... usei uma que havia postado aqui no blog, a diferença é que coloquei o nome da minha ala:



Para um bom desenvolvimento do curso, estudei os seguintes materiais:


Antes que alguém me pergunte que manual é o verde que está encadernado.. ele é do Curso de História da Família do Instituto. Achei um ótimo complemento para o meu estudo pessoal em relação a preparação para as aulas.
Como o nosso curso foi nos domingos à tarde, pudemos cantar hinos de abertura e encerramento, então usei os hinários que havia preparado para o curso anterior:


Agora vou dividir para vocês o que fiz, conforme as aulas do manual:

Introdução

Vou ter que começar dizendo que a outra consultora de História da Família não compareceu na primeira aula, então acabei tendo que fazer tudo sozinha e tomar algumas decisões que estavam diferentes do programado...
Bom, aqui gosto de fazer a primeira aula de introdução para entrega do manual do aluno, explicar como será o curso, tempo de duração, importância de os alunos estarem em todas as aulas...
Para essa introdução, eu estudei os dois manuais bases do curso:


Para completar minha mensagem, estudei um discurso da Conferência Geral de Outrubro de 2012, que está na A Liahona de Novembro de 2012, pp. 93-95 do Élder Richard G. Scott chamado "A Alegria de Redimir os Mortos". É um discurso maravilhoso para usar na introdução!!!!
Bom, no curso só apareceram dois alunos, então pudemos conversar um pouco mais se já fazem suas histórias, em que etapa estão, quais as dúvidas, dificuldades...
Me senti inspirada a entregar para eles esse livreto:


No final da aula, perguntei para eles se preferiam que o curso fosse em minha casa, já que só apareceram eles dois. Também pedi para lerem a lição 1 para que na próxima semana pudemos discutir sobre suas dúvidas e até mesmo ver o que conseguiram preencher do livreto.

Lição 01 - O Propósito do Trabalho do Templo e da História da Família



Para essa aula eu estudei os dois manuais: professor e aluno. A ideia era fazer tudo tudo conforme a aula, porém só assistirmos apenas um dos vídeos. Só que nessa aula, compareceram mais duas irmãs, então elas acabaram fazendo muitas perguntas e nossa aula foi voltada em cima dessa perguntas sobre o que é a História da Família. Foi bem interessante porque os outros dois alunos, também achavam que história da família era só registrar os que já haviam morrido e fazer as ordenanças no templo.
No final da aula, entreguei de lembrancinha para cada aluno um cartaz para que eles e suas famílias possam se lembrar de qual é a meta. Eu fiz um quadro para mim de teste:


Minha ideia era entregar um quadro para cada aluno, mas não tinha dinheiro para comprar e como meu marido sempre diz "A escola dominical não tem o orçamento que você gostaria de gastar!".rsrsrsrs Então entreguei apenas o cartaz e pedi que colocassem em um lugar que ficasse visível para toda a família:




Esse foi o modelo que entreguei para os meus alunos


Arquivo em PDF

Para os dois alunos da aula passada, dei mais uma meta, fazer uma noite familiar sobre História da Família, distribuir funções e no final fazerem em família um jogo chamado "Trocas da História da Família" para conhecerem melhor os integrantes de sua família. Na próxima aula eles teriam que contar sobre suas experiências.

Comprei esses vidrinho em uma loja de utilidades. Paguei R$ 2,25 em cada e fiz questão de comprar com as tampas de cores diferentes, para poder montar um kit exclusivo para cada aluno:



Minha ideia era usar botões, porém, sairiam muito caro para mim colocar vários em um único pote. Lembrei que tinha bolinhas para montar colares:


Como eu não tinha as 8 cores pedidas na brincadeiras, tive que completar com algumas miçangas, daí coloquei também as cores que tinhas das bolinhas para que não decorem.rsrsrsrs 


O potinho com as pedrinhas ficou dessa forma:


Como o jogo ficaria muito fácil por poder ver as peças, eu fiz rótulos para colocar nos potinhos:


Para fazer os rótulos, usei as artes do blog Fazendo a Nossa Festa e algumas gravuras que tenho salvas. Segue o arquivo com os potinhos que entreguei nessa aula, nas aulas seguinte e alguns extras:













 Esse pote foi o que fiz para casa

 Esse eu fiz para a irmã Aurora, pois ela mora com a filha e os dois netos

Esse eu fiz para o irmão Sergio, pois na casa é ele, a esposa e os 3 filhos. Ficou sem um no desenho, mas foi o único desenho de família negra que achei.

Eu deixei claro que poderiam convidar outros membros da família para participarem da brincadeira.
Usei um recurso de A Liahona de Julho de 2013 que está na página 68 (para baixar, clique aqui). No meu caso, fiz uma pequena adaptação na introdução da atividade:


Ah, fiquei de entregar para as outras irmãs que vieram para a aula, seus potinhos na próxima semana. Desafie todos a reservarem um período da semana para estudarem a aula, pois se não estudarem, não conseguirão reservar tempo em suas vidas para fazer a História da Família.

Capítulo 02 - Como Começar

Comecei a aula perguntando para o irmão e a irmã que receberam o jogo de Trocas de História da Família na semana anterior como foi a experiência na Noite Familiar. O irmão Sergio disse que seus filhos ficaram muito empolgados e até convidaram coleguinhas da vizinhança para a Noite Familiar, afim de participarem do joguinho. Ele disse que as crianças adoraram ouvir histórias de quando os pais eram pequenos e os pais puderam conhecer melhor seus filhos. As crianças gostaram tanto que queriam fazer novamente nas próximas Noites Familiares.
Quanto a irmã Aurora, o fato de não ter os netos muito ativos na igreja e a filha não estar frequentando. Nenhum deles quiseram participar da atividade. Convidei a irmã a fazer a brincadeira com uma criança que ela cuida, assim seus netos iriam olhar e talvez gostassem de participar.
Porém nas semanas seguintes ela me falou que não fez a brincadeira...

Nessa aula, é interessante vocês lançarem as informações já registradas no livreto "Minha Família - Histórias Que Nos Unem". Como tive que fazer uma adaptação em minha classe, ensinei meus alunos a preencherem as fichas de Registro Familiar e de Grupo Familiar.
Agora é preciso explicar porque não entrei na etapa de fazer o cadastro dos meus alunos no site do Family Schearch. Eu só tenho dois alunos que sabem usar e querem usar o computador: um dos meus alunos já tem seu cadastro e incluiu algumas das informações e a outra, um irmão da ala fez o cadastro dela, mas nunca passou a senha e login para ela, então agora a briga é outra... Quanta as outras duas irmãs, elas são sabem e não querem se envolver com a parte de informática, então deixei para fazer uma atividade separada com elas e seus filhos e netos que podem ficar responsáveis por essa etapa. Minha ideia era fazer uma oficina extra para isso, insisti com meus alunos várias vezes de passaram em minha casa para uma aula particular, porém a única pessoa que veio a minha casa foi uma moça que passou a frequentar o curso nessa aula!
Também apareceram na sala duas moças que não tem as famílias na igreja, elas se prontificaram a aprender essa parte do site e até ajudar os demais alunos da sala.
Para essa aula, eu havia separado o vídeo "Como Começar" que está no site do Family Search de 5 minutos. Porém no dia não foi possível passar o vídeo porque fiquei sem sinal de internet. Então pulei para a segunda etapa da aula.
Entreguei para cada um dos alunos um saquinho, era pra ser aberto em casa e preenchido, porém, como ficamos sem o vídeo, acabei ensinando meus alunos a preencherem esses formulários e foi muito bom porque eles tinham muitas dúvidas:


Dentro de cada saquinho eu coloquei os seguintes materiais:

5 folhas de Registro de Grupo Familiar, 3 folhas de Gráfico de Linhagem Familiar, um cartão "Como Começar" e um "Cartão de História da Família". Para as duas moças que não estavam na aula passada, também coloquei a gravura no Templo de São Paulo com a frase "Está é nossa meta...".

Agora vamos para o passo-a-passo de como montar os saquinhos... Primeiro montei o arquivo da lapela dos saquinhos com uma citação na parte de trás, a arte básica eu peguei do blog Fazendo a Nossa Festa e complementei com a gravura e o frame:

 Imprimi essa lapela para o saquinho do irmão

 Essa lapela imprimi para as 3 irmãs que participaram das aulas passadas


 Essa lapela imprimi para os saquinhos das duas moças que tinha a gravura do templo também




O passo-a-passo:


 Impressões das lapelas selecionadas

 Recortei o excesso de todas as lapelas com gilhotina

 Lapelas dobradas ao meio

Para a minha alegria.rsrsrsrsrs Meu marido me deu o dinheiro para comprar os saquinhos. Eu comprei um pacote com 500grs por R$ 6,00. Galerinha, eu comprei em uma loja de embalagens perto da minha casa e posso dizer para vocês que compensa muito mais do que aqueles saquinhos estampados. Um pacote com 100 unidades do estampado, custa em média R$ 12,00, enquanto esse liso por metade do preço se leva cerca de 300 unidades. Eu comprei porque sempre tenho ideias novas e dá pra usar para muitas coisas. Ah, a medida do saquinho é 25x35cm, ficou um pouco grande e tive que fazer algumas dobrar na parte de cima para grampear a lapela, então sugiro que comprem tamanho 25x30cm:


O passo seguinte, foi separar os gráficos. O cartão "Como Começar" foi tirado do próprio manual de aulas. Eu tirei xerox colorida e pedi para colarem em um local que possam sempre lembra-los de como funciona a pesquisa de História da Família, para ajuda-los a conter a ansiedade.rsrsrsrs


Ah, fiz para eles um cartão para ajudá-los à entender que algumas informações são muito importantes para nós membros da igreja. Então fiz esse cartão para ajudá-los a lembrarem-se e dei a opção de plastificarem ele:












Arquivo em PDF


Conversando com a Keyty Araujo (Curitiba-PR) sobre o que poderia aperfeiçoar o meu arquivo, ela me lembrou que quando usamos as informações da pessoa para entrarmos no site para sermos seus ajudantes, o melhor método é o que pedi a data de nascimento, então escolhi o modelo que queria entregar para os meus alunos e adicionei a informação. Outro ponto que ela levou em consideração e se na turma do curso tem pessoas que são novas na igreja, talvez acabem entendendo que esse cartão é algo padrão da igreja. Então expliquem claramente que é um arquivo para ajudá-los a lembrar das informações. 
A Keyty me deu a sugestão de deixar o cartão com carinha de Family Search, então fiz outros modelos baseados que cartão que mais gostei:





Olhem como ficaram os meus cartões. Eu imprimi em folha de sulfite normal, já que a ideia é plastificar. A ideia é quando os alunos forem fazer a parte de login, colar na parte de trás do cartão seu login. No caso dos meus alunos, como a maioria não se interessa pela parte de informática, então sugeri eles sempre andarem com esse cartão quando forem pedir ajuda de alguém para adicionar as informações de seus antepassados no site do Family Search a pessoa poder entrar como ajudante.
Quem tem mais conhecimento em História da Família sabe que uma coisa ruim que consultores fazem é lançar no sistema informações dos antepassados dos membros da ala usando o login deles. Na minha ala estou com 3 problemas por causa disso, pois a consultora foi embora para outra cidade e os membros não conseguem fazer correções nas informações por causa disso.
Então façam as coisas de forma que facilite ao máximo para os membros e para os próximos consultores, não pensem apenas em vocês!!!



Eu também fiz canetas personalizadas. Como só tive a ideia depois de fechar os saquinhos, acabei entregando a parte, mas vocês podem colocar tudo junto:



Para montar é só tirar a tampinha da caneta e colocar o papel, ou imprimir em papel adesivo. Ah, se usarem o primeiro método, tomem cuidado para não colocar a parte escrita da etiqueta onde está escrito a marca da caneta. Eu gosto do primeiro método porque mantem o papel conservado.

Eu usei canetas pretas que tem o tubo colorido, mas fica muito bonito com canetas Bic que tem a parte plastica branca, tudo deve lembrar o templo!!! A caneta BIC é ótima para tirar a tampinha. As canetas que eu tinha em casa são da marca Injex Pen, essa é uma das marcas mais baratas e dá pra tirar a tampinha, mas é preciso usar faca de ponta ou uma chave de fenda pequena (é o que uso). Elas prontas, ficaram dessa forma:


Segue o arquivo da etiqueta da caneta:


No final da aula, desafiei os alunos a preencherem ao máximo as fichas para que possamos adicionar algumas informações no site na próxima aula.
Ah, entreguei para as duas irmãs novas da aula anterior (Edilaine e Patrícia), o jogo Trocas de História da Família:


O da esquerda é foi da irmã Edilaine que mora com os dois filhos e o da direita para a irmã Patricia que mora com o marido e os dois filhos.

Os das duas jovens que vieram para a aula, fiquei de entregar na próxima semana. Está sendo bem legal deixar sempre alguém para a próxima semana, assim toda semana tem alguém compartilhando sua experiência. Muito bom!!!

Capítulo 03 - Reunir Informações em Casa

Comecei a aula perguntando para as duas alunas que receberam na aula anterior o jogo "Trocas da História da Família" como foi a experiência. Depois perguntei para meus alunos quais as dificuldades que estão tendo para preencher seus gráficos.
Por fim, iniciei a aula assistindo com eles o filme do DVD do curso de História da Família, chamado "Informações Necessárias para as Ordenanças". Em seguida, fiz um breve resumo com eles, apresentando alguns slides que extrai do filme. Vou compartilhar com vocês o arquivo sem o link do blog, mas como falei no inicio do post, desejo que usem referência ao compartilhar meu arquivo:











No final da aula entreguei para cada aluno uma caderneta para anotarem suas pesquisas sobre História da Família, expliquei sobre a importância de mantermos todas as informações registradas em um único lugar, assim como vimos no vídeo:


Eu fiquei apaixonada pelos caderninhos!!! Eu já tinha eles montado em casa, pois faço eles com bloquinhos, sai muito mais barato do que comprar caderninhos. Eu compro 10 bloquinhos por R$ 5,10 na Kalunga, divido cada bloquinho em dois. A capa faço com separadores de fichário que ganhei. Como tenho uma encadernadora em casa faço rapidinho e cada bloquinho acaba custando apenas R$ 0,55.
Segue os modelos das capinhas que fiz:






Para as moças que vieram na aula anterior, fiz esses potinhos para fazerem em suas casas a brincadeira de troca de histórias que foram entregues no final da aula. Porém uma das meninas, foi passar as férias na casa do pai e não participou do restante do curso:


O da esquerda é da Tabata (ela mora com a mãe) e da e direita é da Jaqueline (ela mora com a mãe, padrasto e irmão)

Capítulo 04 - Registrar as Informações Sobre a História da Família


Como meus alunos já sabiam preencher as fichas porque fizemos em aulas anteriores, acabei pulando essa aula.

Capítulo 05 - Reunir Informações da Família


Nessa aula assistimos o filme "Reunir Informações da Família" do DVD "Templo e História da Família" e conversamos sobre algumas formas de conseguirmos as informações necessárias com os membros da família que não são membros da igreja ou que são de outras denominações religiosas.
Sugeri que eles possam entrar no site e incentivar seus familiares a fazerem sua história, já que o site dá a possibilidade de quem não é membro também fazer sua história. Também falarem que estão pesquisando a história da família, pois se começam dizendo que querem fazer ordenanças por aqueles que faleceram, muitos eles acabam não fornecendo as informações e até influenciando outros membros da família.
Eu não preparei nenhuma lembrancinha, pois essa aula teve que ser adiada algumas vezes por conta de alguns dos alunos serem líderes na Primária, Sumos e Moças. Em um dos dias marcados, só apareceu uma moça para a aula, eu perguntei se ela queria ter a aula sozinha ou preferia marcar para a próxima semana. Ela preferiu para a semana seguinte.
Como fiquei nesse impasse se eles apareceriam, preferi não arriscar fazer algo que depois não teria utilidade. Mas uma boa sugestão é fazer um pequeno questionário com perguntas que podem ser feitas para o membro da família a ser entrevistado.

Lição 06 - Reunir Informações de Registro Públicos

Comecei essa aula passando os dois filmes sugeridos na aula do DVD "Templo e História da Família". Depois abrimos a Tabela de Seleção de Registos que fica no Apêndice C do manual do aluno. Discutimos sobre cada um dos tópicos e como conseguir informações nesses locais. Também expliquei que algumas pesquisas podemos fazer no próprio site do Family Search. Foi muito bom porque eles tiraram dúvidas em relação a conseguir cópias de registros já que alguns dos meus alunos nasceram em outro estado.
Desafiei meus alunos a trazerem na aula seguinte o livreto "Minha Família - Histórias Que Nos Unem" para registrarmos no site. Já que nessa aula, só apareceram alunos que tem conhecimento em informática e já tem seus cadastros no site.

Capítulo 07 - Providenciar as Ordenanças do Templo


Para a última aula eu tinha pensando em várias coisas e lembrancinhas, porém, a inconstância dos alunos foi muito grande nas últimas aulas, então achei melhor fazer algo que se não fosse entregue para os meus alunos, pudesse entregar para outros membros que fazem sua História Familiar e o resultado foi esse:



Antes de falar sobre a lembrancinha final do curso, eu falei novamente sobre a importância de reservarem um horário durante a semana para fazerem a História da Família, caso contrário, nunca conseguirão fazer isso!
Pedi para meu marido trazer o seu notebook e com antecedência pedi para a moça ajudar durante a aula os demais alunos. Ela ajudou a irmã que estava sem o login porque outro irmão não havia lhe passado as informações, porém ela conseguiu recuperar com a ajuda do CHF da estaca. Juntas elas lançaram informações e imprimiram ordenanças a serem feitas.
No meu notebook, um rapaz ajudou o outro a fazer o seu login e lançar suas primeiras informações. Esses dois rapazes não faziam parte do curso, porém foram nessa aula porque a irmã pediu para o filho ir aprender e ele acabou levando o outro rapaz. Foi muito bom!!!
O outro irmão que estava na aula, pode ver como lançar as informações para imprimir as ordenanças do templo.
Essa aula levou quase duas horas, porque eles gostaram muito da parte prática e por estarem com seus logins. Os dois rapazes até saíram perguntando quando seria a próxima aula!!!
Bom, agora voltando para a lembrancinha da aula... o desenho que usei da árvore... tem uma longa história.rrsrsrsrs Eu fiz um curso em minha cidade de bijouterias com sementes e nele tinha uma artesã que gostava muito de mandalas e por acaso eu decidi procurar alguns modelos só pra ver as variedades. Imaginem a minha alegria quando me deparei com um desenho super bacana de árvore que na hora já imaginei as folhinhas com os nomes dos antepassados e até os familiares vivos!
Inicialmente me deparei com esse modelo que encontrei no blog Professora Adriana Nicolodelli:


Porém, logo abaixo da mandala, a professora diz que a fonte original do arquivo é um blog chamado Desenhos Pagãos para Colorir. Eu fui até o site de origem, só que a gravura é um pouco diferente:


A primeira coisa que fiz, foi colocar o desenho da mandala no tamanho certo para o caderno, imprimir e aproveitar o jogo do Brasil para colorir à mão cada mandala. Além do nome de cada aluno no caderno, eu queria que cada desenho fosse diferente do outro. Montei seis cadernos, 5 seriam dos meus alunos e 1 para uma irmã que me entregou durante a semana 15 folhas de caderno com informações de sua família para adicionar no site:



Deu um baita trabalho pintar as mandalas, mas ficaram muito fofas!!! Notem que não pintei as folhas, pois a ideia era eu falar para os alunos que a cada membro da família e antepassados que adicionassem no Family Search, deveriam escrever o nome dele em uma das folhas da árvore e pintassem ela na cor preferida da pessoa. Achei que seria um ótimo incentivo!!! Porém na hora que entreguei os cadernos, acabei esquecendo de falar isso para eles... uma pena!!!
Bom, mas voltando a montagem do caderno... Como sempre, reutilizei cadernos do seminário e instituto que não se usa mais:


Arranquei a capa, contra-capa e algumas folhas internas que tinham informações do seminário e instituto. Deixei só o miolo com as folhas pautadas:


Cada caderno tem 96 folhas, então dividi em dois porque eu literalmente só tinha 3 cadernos:


Depois fiz uma capa com papel pardo... isso mesmo... papel pardo! Aquele mesmo usado para embrulhar caixas que são enviadas pelos Correios! Normalmente desmerecemos demais esse papel, mas ele fica ótimo em capas de cadernos!!!
Eu colei ela com cola branca e deixei alguns minutinhos secando, já que as folhas dos cadernos eram coladas. Depois colei no meio a mandala:




Para finalizar, fiz um arquivo com a palavra "Diário" e outra como o nome de completo sem nenhuma abreviação de cada aluno para colocar na capa:


Vou compartilhar com vocês o arquivo em PDF da mandala do tamanho ideal para capa de caderno de brochura, a palavra diário também:











Esses são os frames que usei:




Eu só deixei pronto os cadernos daqueles alunos que eu tinha certeza que iriam participar da aula. Os demais deixei para serem colados na hora caso aparecessem e foi uma ótima ideia porque no final só apareceram os alunos que eu tinha colado tudo!
Quando entreguei os diários também entreguei um chocolate (esse também entreguei para os dois rapazes) falei para os alunos escreverem suas próprias histórias, falarem sobre a profissão, estudos, amigos, família, passatempos, histórias da infância. Eles gostaram bastante do diário!!

Agora o resumão do curso... Foi uma turma muito difícil porque a inconstância foi muito grande e o fato de dar aulas na minha casa era o diferencial, já que frequentamos uma capela um pouco longe de onde moramos. Mas no final, acredito que pelo menos um dos alunos tenha aprendido muito coisa e saído do curso com o desejo de continuar sua história!!!!
Agora vou organizar a terceira turma, no final do curso, compartilho aqui no blog!!!

8 comentários:

  1. Simplesmente MARAVILHOSO!!!
    Como sou uma apaixonada pela Historia da Familia, suas ideias do curso, sao fascinantes!!!! Parabens pela dedicaçao e por nos proporcionar essa maravilhosas idéias....
    Beijossss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alba,
      Vc é um amor!!!! Obrigada pelo carinho!!!!!

      Excluir
  2. Amo seu blog .Obrigada por sempre compartilhar suas idéias que nos ajudam muito.Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Patrícia,
      Fico muito feliz por saber que vc gostou das coisas que postei!!!

      Excluir
  3. Muito bom!!! Agradecida pela criatividade!!!!

    ResponderExcluir

Os comentários que tiverem links de blogs, serão excluidos. Assim como os comentários de divulgações de sites, blogs e qualquer outro meio de vendas. Se quiserem que o blog ou produto seja compartilhado no blog, mandem por e-mail.